24 de janeiro de 2019
Comentário( 0 )

Qual melhor idade para o filho começar a aprender inglês?

Muitas famílias têm essa dúvida: matriculo meu filho no inglês agora ou espero mais um pouco? Qual idade absorve o idioma com mais facilidade? Qual melhor idade para o filho começar a aprender inglês?

Em busca dessas respostas, um estudo da Boston College, publicado na revista Época Negócios mapeou qual o melhor momento para o aprendizado, fazendo um teste on-line com uma amostra de 670 mil pessoas. A pesquisa testou o conhecimento das pessoas na língua inglesa e relacionava qual idade em que cada um começou a estudar a língua estrangeira.

Como resultado, descobriu que para chegar a fluência quase nativa o ideal é que comece a aprender um novo idioma por volta dos 10 anos de idade.

Mas isso não quer dizer que se deve desistir de estudar a língua estrangeira antes ou depois deste período. Segundo conclusão do estudo, “uma língua aprendida em qualquer momento ainda pode ser extraordinariamente útil no trabalho ou em uma viagem de turismo”.  

Onde aprender inglês?

Uma dúvida comum é saber onde matricular os pequenos. Uma das opções parceiras do Padecendo é a inFlux English School, a escola que garante, em contrato, o domínio rápido do  inglês do seu filho, antes dos 15 anos.

A inFlux tem uma metodologia exclusiva, desenvolvida para ensinar seu filho a pensar em inglês, com aulas lúdicas e interativas, além de um acompanhamento pedagógico personalizado e professores preparados para
ensinar crianças.

E o melhor, você tem a garantia, em contrato que seu filho domina o inglês com resultado comprovado pelo TOEIC: um dos principais testes
de proficiência em inglês, reconhecido em todo o mundo.

inFlux

Débora é mãe do Rafael Perfeito, estudante da inFlux. Veja o depoimento que ela deu sobre a escola:

Nós escolhemos a inFlux, pelo método dinâmico de ensino, onde se aprende a pensar em inglês. E com o passar do tempo, notamos que o Rafael aprendeu realmente a pensar em inglês, e nas aulas bônus ele tinha a liberdade de poder ler e falar livremente sobre os assuntos do interesse dele, o que o estimulava cada dia mais a falar em inglês.

Ao final do primeiro livro, o Rafael já se sentia confiante para conversar em inglês.

A escola nos deu todo o apoio para atender as suas necessidades específicas, atendendo as nossas expectativas, tratando-o como um indivíduo único e não fazendo ele seguir de acordo com a proposta do programa.

Foi nesse momento que vimos a diferença da inFlux em relação as outras escolas. Hoje meu filho está terminando a etapa dos livros Junior, ele é fluente em inglês, tanto na fala quanto escrita.

E meu esposo teve uma oportunidade de trabalho para irmos para fora do país e nós nos sentimos seguros em colocar o Rafael em uma escola onde as aulas são totalmente em inglês, pois sabemos que ele tem conhecimento suficiente para conseguir estudar em uma escola onde o idioma é o inglês.  Nós somos muito gratos pela competência de toda a equipe inFlux.
O método realmente funciona.

E aqui o próprio Rafael conta a sua experiência com a
inFlux:

Em BH são 7 unidades na inFlux, visite a unidade mais próxima e conheça o método de ensino!

Clique aqui para conhecer a escola mais perto de você: https://bit.ly/2Msz2iz

COMENTE:

Avalie este Fornecedor

Seu endereço de email não será publicado. Todos os campos são obrigatórios

Dia internacional das mulheres

7 de março de 2019

As vacinas do seu filho estão atualizadas?

11 de fevereiro de 2019