05 de julho de 2016
Comentários( 5 )

Camboriú com Crianças – roteiro

Camboriú é uma cidade é linda, praias lindas, restaurantes maravilhosos, um shopping super bacana, cheio de lojas bonitas e preços bem melhores que os do sudeste. E por falar em compras, no caminho a Blumenau há diversas lojas de fábricas de porcelanas, roupas, Lilica e Tigor, como fui em feriado não tive oportunidade de conhecer, mas acredito que valha a pena pelos preços de roupas em shopping, imagina nas lojas das fábricas! Adoramos passear em Camboriú com crianças.

Camboriú com Crianças

Por Danielle Caldeira

Em Camboriú com crianças, nosso roteiro foi: praia, shopping, praia, Unipraias e casa! A primeira coisa que você deve fazer é devolver o carro se você ficar localizada no centro de Camboriú, a melhor opção. Não há como andar de carro na rua principal para passear de noite, caminhar pelo calçadão e ir onde estão os melhores restaurantes, não há opção de vagas, as poucas vagas da cidade nesta região ficam nas paralelas, para ir aos passeios que a cidade oferece, há o tal do Bondindinho, um bondinho puxado por caminhão, todo aberto, sem ponto fixo, basta dar o sinal que ele para em qualquer lugar, seja para subir ou descer, e ainda vai a todos os pontos turísticos da cidade. Nós usamos o carro apenas um dia, para conhecer praias fora da cidade, se você for fazer esse tipo de passeio, aí sim, vale a pena ter carro, alugue só por um dia.

Parque Unipraias

Tem um passeio imperdível para fazer em Camboriú com crianças, o Parque Unipraias. Lá vocês vão andar de trenó pela floresta, uma montanha russa manual com muita adrenalina, nós e as crianças amamos! Visitar uma floresta encantada, vá sem pressa! Ela é realmente encantada, vale cada centavo. Fica dentro do parque. Agora, melhor mesmo foi descer de tirolesa para a praia de Laranjeiras, mas só pode descer quem tiver mais de 35 kg. Opção é revezar com acompanhante caso esteja também com crianças fora do permitido. Um desce de tirolesa e os demais de teleférico, antes de sair da estação, troque com seu acompanhante. O teleférico também é uma emoção a parte, longo trajeto com uma vista de tirar o fôlego.

Na praia de Laranjeiras, na descida do teleférico e tirolesa, almoçamos no restaurante que tem a beira mar, Casa do Camarão, adoramos. Era o único beira mar, há outras opções próximas, e existem duas versões dele, uma com comida a quilo e outra à lá carte. Gostamos muito da comida. Se você for optar por ficar um pouco na praia, observe o horário do teleférico para voltar e fique atenta ao tempo, ele para em caso de ventos fortes, também tem a opção de voltar em barco pirata ou de bondinho, que funciona dia e noite.

Meus filhos amaram o barco pirata! Acontece uma performance durante o trajeto, todos os funcionários se vestem de piratas, dá para se sentir numa aventura de verdade. Fique atenta somente ao horário de volta do barco e ao tempo, o teleférico não funciona com ventos. O bondinho te leva em todos os pontos, a entrada do Unipraias, a praia de Laranjeiras, ao embarque dos barcos.

Hospedagem:

Melhor localização para hospedagem em Camboriú com crianças: sem dúvidas que é a do hotel Mercure, mas não conseguimos quartos, ficamos no Rieger. Muito bem localizado, mas nem tanto quanto o Mercure.

O Rieger tem um complexo de piscinas muito legal, todas cobertas, café da manhã muito bom, instalações dos apartamentos boas, ficamos em um quarto amplo, com banheiro, três  ambientes, duas televisões e microondas. O hotel não é novo, mas é muito bem conservado, nós gostamos, meus filhos adoraram pelas opções de lazer em piscina e jogos.

Restaurantes que aprovamos em Camboriú:

  • Sabores do mar, amamos! Não é barato e tem a versão dele a quilo no shopping.
  • O Pharol, rodízio de frutos do mar espetacular! Não é barato, mas voltaria com certeza.
  • Madero Steakhouse, perfeito pra quem não tem a rede na cidade que mora, amei!
  • Ficamos com vontade de ir no Estalerinho, não deu tempo. Foi muito bem indicado. Taí o motivo para voltar.
  • tem um passeio gastronômico maravilhoso, lembra um pedaço da Itália! https://www.facebook.com/passeiosanmiguel/, um charme. Para quem gosta de massa, tem uma cantina neste passeio, que é divina!

Compras em balneário Camboriú:

se você gosta de comprar como eu, leve espaço nas malas, porque há muitas coisas lindas na cidade, muitas lojas legais e preços ótimos. Vá de ponta a ponta pela avenida Brasil e pela Atlantica, é o paraíso. Mais opções na Av. Brasil. Lá tem uma loja, que eu me esqueci o nome, fica perto das farmácias São João, quase esquina da rua 501, uma loja enorme de roupas femininas, camisolas e lingerie das marcas que vendem nas lojas Outonos de Banho em BH, tudo metade do preço, afinal as fábricas ficam em Brusque- SC. Me esbaldei! Mais sugestões imperdíveis de lojas fora do shopping para ir a pé:

 

Espero que as dicas ajudem a tornar sua viagem mais divertida.

Aproveitem!

Dani

Leia também:

Beto Carrero com crianças

COMENTE:

5 Avaliação de Camboriú com Crianças – roteiro

Fernanda Rosaes Vigato disse : Guest Report 7 months ago

Meninas, o link do Mercure está levando para o Mercure de BH e não o de Balneário. (não precisa publicar o comentário)

Joana Gomes disse : Guest Report 12 months ago

Obrigada pelas dicas. Vou em novembro e espero aproveitar como vc aproveitou.

Thatiane disse : Guest Report 2 years ago

Ola, vou com minha filha de 3 anos e pretendo ficar no Mercure, vc sabe me dizer se la eles tem uma copa com microondas ou coisa parecida, as vezes ela toma leite morno a noite.

Ana Lídia disse : Guest Report 2 years ago

Estou indo mês que vem. Queria muito conhecer o bar de gelo mas parece que crianças só a partir de 10 anos. Minha filha tem 7. Teria alguma outra possibilidade?

Fred disse : Guest Report 2 years ago

Muito bom seu blog. Esta me ajudando muito. Estou aqui com minha esposa e meu filhos de 3 anos. Parabéns e obrigado pela iniciativa de ajudar!!!

Avalie este Fornecedor

Seu endereço de email não será publicado. Todos os campos são obrigatórios

Nova York com crianças – Parte 1

1 de julho de 2016

Hotéis no Brasil para ir com criança

8 de novembro de 2017